Noite de sexo com meu sobrinho dotadão


Milf fica doida pelo dotadão do sobrinho

Me chamo Carmen, sou uma mulher bonita de 45 anos, tenho um sobrinho dotadão chamado Daniel, que eu chamo de Dani e sempre foi o meu favorito. Ele tem 20 anos e se tornou um homem lindo, foi aí que comecei a reparar nele com outros olhos. eu sempre achei ele um tesão, ficava louca pra dar um trato nesse gostoso, mas por ser tia ficava com medo dele interpretar mal, mas com o tempo notei que ele também sentia tesão por mim.

Um dia em tom de brincadeira mandei uma foto de biquíni pra ele e perguntei o que ele achava. Ele falou que eu tava batendo um bolão, uma loira milf. Nem sabia o que significava essa palavra, mas ele me explicou e fiquei rindo satisfeita por saber que meu sobrinho me acha gostosa. Bom, um dia eu tava deitada na cama de madrugada zapeando os canais até chegar num canal pornô. Sou divorciada, moro sozinha, meu filho é casado e por isso tenho privacidade pra me curtir sem receio de alguém entrar no quarto.
dotadão

Comecei a ver um filme na TV com uma atriz madura bem bonita, morena, coxuda e bunduda, dando pra um moreno mais novo que ela, um moreno delicioso, com uma bunda perfeita e um pau grande. Fiquei louca, logo usei a imaginação e me vi ali com o Daniel. Fiquei pensando no sorriso dele, no corpo definido e imaginando como seria o pau dele. Nossa, parece que deu algo em mim porque meu tesão só fazia aumentar, quando eu ficava perto dele me arrepiava inteira, ele sempre foi um lindo comigo, bem carinhoso.

Em outra madrugada de tesão, me masturbei fiquei com a buceta bem molhada e gozei tão gostoso pensando nele, que não aguentei e mandei uma mensagem pra meu sobrinho, achei que fui muito impulsiva, mas não resisti. Na mensagem coloquei assim: -Tá acordado? a tia tá tão entediada hoje, queria conversar com alguém que não falasse de receita de bolo ou de doença rs.

Demorou uns 15 minutos pra ele me responder, quando respondeu ele pediu desculpas, disse que tava no banho e que também tava sem sono. Perguntou se eu queria conversar e o que eu tava fazendo.

-Peraí, vou mandar uma foto.

Mandei uma foto só de calcinha e sutiã pra ele deitada na cama vendo filme. Nossa, se ele se tocasse queria ver o que ele falaria pra mim, mas ao mesmo tempo tava bem nervosa imaginando se ele não gostasse e me achasse muito puta, então meu coração acelerou, fiquei meio nervosa, até pensei em apagar a foto, mas era tarde.

Ele respondeu com uma foto dele de cueca na cama vendo o mesmo filme que eu na tv aberta e dizendo: que coincidência, tia, tô vendo filme também! Pude notar que ele tava com o pau bem marcado na cueca, meia bomba e já deu pra notar que a pica dele é grande e grossa.

-Não quer passar aqui em casa não? me fazer companhia?

-Nossa tia, vou me trocar rapidão e chego já aí.

Demorou uns 30 minutos, ele bateu aqui em casa, nesse meio tempo fui tomar outro banho, me perfumei inteira, coloquei uma lingerie sensual com um sutiã preto e uma calcinha fio dental que ficava toda atolada no rabo. Quando ele chegou, me abraçou, deu um beijo e disse que eu tava bem cheirosa.

-Isso tudo é pra você gato! quer ir para o quarto pra gente ver um filminho? tava me sentindo super solitária, só você pra me salvar.

-Pode me chamar sempre que quiser, estranhei a senhora me chamando assim tia, mas adorei o convite, por mim eu viria todo dia.

A gente foi para o quarto, ar condicionado ligado, geladinho, um clima ótimo, nós dois ficamos bem envergonhados quando deitamos lado a lado e ficamos olhando pra o teto, até que na maior cara de pau fui zapeando os canais e deixei de propósito no pornô e disse que adorava.

-Eu também adoro esses filmes tia, vamos assistir esse?

Nessa hora não tinha mais volta, ele acabou se aproximando de mim, passou a mão na minha barriga e começou a acariciar, me arrepiei inteira, suspirei, senti minha buceta ficar tão molhada na hora, escorreu tudo. Ele então virou de lado, ficou meio em cima de mim e começou a chupar meus peitos com vontade, ele chupou gostoso mesmo, me fez arrepiar inteirinha, gemer, quando senti a boca dele nos meus peitos, nossa, a língua dele passeou no meu corpo, ele sugava os biquinhos, me fez ficar doidinha de tesão.

Enquanto chupava meus seios, senti a mão dele invadir minha calcinha, fiquei louca, gemi de um jeito rouco e baixinho enquanto ele falava que minha buceta é bem gostosa e que tava uma uma delícia, que o pau dele já tava latejando de tanto tesão por mim.

-Então vem, me pega gostoso, quero sentir esse pauzão.

-É safada? como você sabe que meu pau é grande? será que você aguenta levar ele nessa bucetinha?

-Quero tanto, aguento sim, quero essa pica inteirinha batendo no fundo da minha buceta.

Eu não aguentei mais, tirei a calcinha, joguei longe, abri a roupa dele, fiz ele ficar nu e ele deitou em cima de mim, me fez abrir as pernas e começou a meter na minha buceta, que pau grande e grosso, batia no fundo e quando ele aumentava o ritmo até machuvava mas era uma dorzinha super gostosa, não aguentei, gemi alto, tava nem aí se os vizinhos iriam ouvir, eu tava cheia de tesão, realizando o meu maior fetiche.

-Ai tia, que buceta gostosa, caralho, que delícia, quero essa buceta todo dia, apertada pra caralho, porra!

-Mete gostosinho nela vai! -Falei enquanto me masturbava ao mesmo tempo.

-Fica de quatro pra mim vai, quero socar fundo.

Fiquei de quatro e ele me comeu gostoso, meteu fundo na minha buceta, me deixou louca com seu pauzão gostoso entrando no fundo da minha xereca e ele puxando meus cabelos e me chamando de puta e outras sacanagens que me dão tesão, ele me tratou igual uma vagabunda na cama, adorei! Valeu a pena demais ser arrombada por ele, já tava toda dolorida, acabei gozando gostoso e quando ele tava perto de gozar pedi pra chupar.

Me deliciei mamando naquela pica, chupei gostoso demais, engoli aquela pica, lambi, ele ficou louco, tentou se segurar mas não aguentou quando me olhava chupando ele. Eu fazia a maior cara de safada e ele acabou gozando na minha boca, deu uma jatada de porra que me deixou de boca cheia. Fudemos a noite inteira, ele só foi pra casa de manhã, nem preciso dizer que fiquei toda dolorida, com a buceta arrombada depois de sair do atraso.

Ele foi embora e me deixou na saudade, ele foi pra casa dormir porque tinha faculdade a noite, mas eu mandei vários nudes pra ele e ele pra mim. Conversamos sobre a trepada que rolou e bateu a maior vontade de novo. Foi uma delícia!

Posts relacionados

Comendo a aluna da academia Comendo a aluna da academia
Comendo a aluna da academia Me chamo Leo, sou personal e sempre fui muito profissional no meu trabalho, mas na academia sempre tem uma aluna gostosa e a gente tem que resistir as...
Leia completo
O dia que comi minha namorada e a amiga O dia que comi minha namorada e a amiga
Conto de Fetiche: O dia que comi minha namorada e a amiga Prazer, me chamo Thomas, tenho 22 anos, e essa história é verídica e conta como eu acabei comendo minha namorada e a amiga...
Leia completo
O dia que eu não aguentei e comi minha sobrinha O dia que eu não aguentei e comi minha sobrinha
Conto de Incesto: O dia que eu não aguentei e comi minha sobrinha O dia que eu não aguentei e comi minha sobrinha. Tenho uma sobrinha chamada Júlia, muito linda, loirinha, ninfetinha...
Leia completo
Que saudade de foder minha ex Que saudade de foder minha ex
Nada como foder a ex pra lembrar dos velhos tempos Sou o Carlos e tenho uma ex namorada chamada Sandra, uma mulher gostosa que adora foder. Ela é morena, cabelos negros, 30 anos,...
Leia completo
Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet. Um enorme acervo com diversos temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais! Caso tenha alguma contribuição, nos envie seu conto através do nosso link ENVIE SEU CONTO. Diversos contos de nosso site são retirados de outros sites. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em contato que removeremos imediatamente.
Contos Eróticos BR© 2015 / 2019 - Contos Eróticos BR Todos os direitos reservados.

Online porn video at mobile phone