Jéssica Minha Cadelinha


ph1cto34302

Conto Erótico Jéssica Minha Cadelinha

Jéssica, tem vindo a tornar-se, numa profissional de obediência extrema, quando não tem clientes para satisfazer, treino-a, humilhação e castigo faz parte do seu quotidiano.

Emprega-se a fundo em aprender entrega-se totalmente.

Sem dizer uma palavra, coloco-a de bruços sobre a mesa, com as pernas apoiadas no chão e as mãos esticadas sobre o tampo.

Beijo-lhe a nuca, afago-lhe as maminhas   com volúpia.

Geme de prazer aos meus toques, nua, só com a coleira como adorno, oferece-se ao seu dono, uso o cinto, castigo a sua bundinha e costas, com cinturadas fortes, de forma lenta e prolongada.

Geme de dor e prazer, vibra a cada golpe, abre a bundinha e oferece-me o cuzinho.

– Mete no meu cuzinho.

– Eu meto quando quiser, digo-lhe enquanto passo a cabeça da minha vara no meio das bochechas abertas.

– Queres o meu pau.

– Sim.. Mete na tua putinha.

– Excita-me esta submissão, encosto a vara no seu cuzinho, pressiona-se contra mim numa vã tentativa de introdução.

– Calma, cadelinha.

– Lubrifico-lhe o cuzinho com o abundante licor vaginal.

– Suspira, aguarda ansiosa que a penetre, curvo-me sobre ela e aperto-lhe os mamilos.

– Geme.

– Pego nos grampos e, coloco -os em cada um dos biquinhos erectos.

– Um gritinho dor e de prazer

O meu dedo penetra-a rápido. Com ele totalmente lá dentro, começo a dedilhar a parede do seu cuzinho.

Sinto-a gemer bem baixinho, meto mais um dedo, rodo-o no interior,dobro-os e mantendo a pressão contra a parede que o separa da coninha, começo a massajá-la .

Com a outra mão, começo a tocar também o seu grelinho.

Os gemidos são de prazer, sinto-a gozar dou-me por satisfeito.

As pernas tremem, o orgasmo tirou-lhe as forças, proibida de se mexer abate o corpo sobre a mesa, gemidos de volúpia saem da sua boquinha aberta, os olhos fechados e a respiração descompassada.

– Gozaste puta ?

– Simmmm mestre, responde num sussurro.

– Quem te mandou gozar cadela ?

– Rosno aos seus ouvidos – Mereces um castigo, não mereces ?

– Sim Mestre.

– Coloco-lhe a trela, puxo-a para o meio da sala. – De quatro cadela.

– Obedece rapidamente, pego na chibata e coloca-a na sua boca segura com os seus dentes e não deixes cair.

– Abana a cabeça em sinal afirmativo.

– Portaste mal, foste um menina desobediente, vou punir-te.

– Passo à sua volta, admirando a cadelinha, com a chibata presa na boca, olha em frente, sem que espere aplico-lhe uma palmada forte e seca numa nádega.

Da garganta sai-lhe um – ahhhhh abafado.

Continuo o meu passeio, outra palmada, deste vez na outra nádega, acompanhada de outro ahhhhh – a bundinha começa avermelhar.

Páro em frente dela, a vara dura sobre a sua cabeça, não ousa mexer-se.

– Sabes putinha, vou comprar um cão para procriares.

– Queres um cão para foder ?

Abana a cabeça, receia que a chibata caia, retiro-lha da boca. – Responde quero ouvir-te.

– Sim mestre. – Sim o quê puta ?

– Quero…

– O quê puta, grito eu enquanto lhe aplico uma chibatada nas costas.

Arquei-as com dor. – Quero um cão para me foder.

– Está melhor.

– E porquê um cão ?

– Responde – Sou uma cadelinha.

– Uma cadelinha vadia não é ?

– Sim mestre.

– Está bem.

– Coloco-me atrás dela. – Abre o cú.

Curva-se, encosta a cabeça no chão e abre a bundinha.

– Deixa-te estar assim cadela.

– Pede o que queres vadia.

– Fode-me .. por favor fode-me.

Lubrifico-lhe de novo o cuzinho, coloco-lhe um Plug em forma de cone .

-Vou-te alargar o cú.

Soco o Plug até a buraco dilatar,tiro e olho, está abrindo, meto e tiro repetidamente.

Coloco-me sobre a sua bundinha e com uma estocada forte, introduzo-lhe a vara erecta e dura.

Grita de dor.

Tiro e volto a meter, pressiono a vara contra o seu cuzinho

– Gane cadela, quero ouvir-te a ganir.

– Caimmm… caimmm, começa ela baixinho.

– Mais alto vadia, grito-lhe, enquanto a soco com estocadas violentas.

Aumenta os ganidos.

Aumento a velocidade das estocadas, ao som excitante dos seus ganidos.

A tesão aumenta, sinto a vara quase a estourar, tiro-a do seu cuzinho, puxo-lhe pelo cabelos e meto-lhe a vara na boca.

– Bebe a minha porra cadelinha.

Esporro na sua boquinha, a putinha recebe e engole toda a porra.

Deixo-a lamber até que não reste uma gota de sémen.

Sento-me no sofá, descanso até a minha respiração se normalizar, enquanto observo a cadelinha de cabeça no chão, os braços esticados, olhos cerrados, gemendo de prazer de se entregar ao seu dono.

Nessa noite servi-lhe biscoitos para cão, num prato de metal, comeu-os como uma cadelinha, sem usar as mãos, bebeu água e adormeceu enroscada nos meus pés.

A minha cadelinha permaneceu mais alguns meses comigo, até a trocar por outra, não tão nova como esta, a cadelinha que estou a amestrar é uma africana, tem 30 anos, de uma submissão total.

– Ah… Claro que vou contar a última vez que tive a Jéssica é só uma questão de tempo.

Posts relacionados

Viajando Para o Rio de Janeiro Viajando Para o Rio de Janeiro
Conto de Incesto: Viajando Para o Rio de Janeiro Papai e mamãe se conheceram a muitos anos atrás e se apaixonaram, como fruto desse amor, nasceu meu irmão Marcos Paulo, depois de uns 8...
Leia completo
Fodendo com um cliente no meu trabalho Fodendo com um cliente no meu trabalho
Conto de Fetiche: Fodendo com um cliente no meu trabalho Fodendo com um cliente no meu trabalho. Eu me chamo Mara, tenho 25 anos, sou morena, baixinha, tenho coxas grossas, bunda...
Leia completo
Descobri que minha irmã é virgem Descobri que minha irmã é virgem
Contos de Incesto: Descobri que minha irmã é virgem Eu tenho 22 anos, moro com minha mãe e uma irmã de 24 anos que se chama Carla. A minha irmã é uma morena linda, peitinhos...
Leia completo
Transando com o maconheiro da minha rua Transando com o maconheiro da minha rua
Conto Gay: Transando com o maconheiro da minha rua Transando com o maconheiro da minha rua. Oi, me chamo Jonas, tenho 22 anos e vou contar como foi minha primeira vez com um homem a...
Leia completo
Sobre
O melhor site de Contos Eróticos da internet. Um enorme acervo com diversos temas: porno, sexo, incesto, traição, vizinha, emprega e muito mais! Caso tenha alguma contribuição, nos envie seu conto através do nosso link ENVIE SEU CONTO. Diversos contos de nosso site são retirados de outros sites. Qualquer conteúdo ofensivo, por favor entre em contato que removeremos imediatamente.
Contos Eróticos BR© 2015 / 2019 - Contos Eróticos BR Todos os direitos reservados.

Online porn video at mobile phone


contos de travestios velhos da praça tufoscontos de incestcomendo minha cheferelatos reais de incestocontos erooticoscomi minha cunhadaconto erótico incestocontos heréticosconto erotico gaycontos eroticos avôcomi a tiacontos eróticos com imagenscontoseroticos.com.brconto erótico paicontos eroticos de cornosdei meu cucontos eroticos animados gratiscontos esroticoscontoseroticosbrcontos eroticos sogrofamilia favela gratisfamilia sacana quadrinhosconto erotico paicontos esroticoscontos eroticos sogrocontos de sexo gaycontos eroticos irmaocontos eróticos boqueteconto gay ultimo8muses tufosconos eroticoscontos eroticos insestosconto erótico padrastoconto erotico madrastaconto erotico virgeminversão contoscontos eroticos de cornoscontoseróticoscontos eróticos de coroascontos insestoscontos eroticos na academiacomi minha mae contoscontos eróticos onlinecontos eroticos enteadacontos eróticos papaicontos eróticos filhocontos eroticos em desenhocontos eroticos da familia sacanacontos eroticos medicocontos eroticos com virgenscontos masturbaçãoconto eroticos gayscomi minha tia contoconto erótico femininocontos eróticos papaicomi minha irma contos eroticoscomi minha prima casadacontos eróticos academiacontos eróticos gratuitoscontos eroticos vizinhoconto erotico coroatransei com minha mãe8muses tufoscorno pela primeira vezcontos eroticos com paicontos eroticos com paicontos eroticos gaysprimeira vez com travesticontos sexo incestofamilia sacana torrentcontos eróticos na praiacontos caseirosmeu marido cornocontos sacanascontos eróticos sogrocintos eroticoscontos eroticos insestoscontos eroyicoscontos eroticos novinhaconto erótico analconto erotico faculdadecontos eroticos de desenhoscontos eróticos de traiçãocontos eroticos com medicoscontos eroticos incesto mae e filhocotos eroticosconto lesbicacontos eróticos surubasites de contos eróticoscontos erotioscontosero